Farmácias de manipulação ganham relevância

10 de abril de 2018 0 Comments Farmacoeconomia 89 Views

Abocanhando 10% do varejo de remédios no País, as farmácias especializadas em produtos manipulados tem expandido as opções de produtos para ganhar espaço. Em um universo de mais ou menos 7 mil pontos de vendas, a perspectiva é que esse mercado amadureça gradativamente aliando novas tecnologias e melhor aceitação do público.

Movimentando aproximadamente R$ 7 bilhões ao ano, as empresas especializadas em remédios manipulados têm encontrado menor resistência, tanto para indicação de médicos quanto aceitação do público, desde o início da crise econômica, em 2014.

“Esse mercado já crescia cerca de 20% ao ano, mas desde a crise o salto se deu para mais de 30%, muito em função de preços menores”, diz a consultora em varejo farmacêutico e ex-membro da Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais (Anfarmag), Cecilia Lemos.

De acordo com a especialista, a chegada de redes maiores também colocou em evidência este mercado, e ajudou na exposição do setor.

“Esse mercado ainda é bastante dominado por empresas familiares, mas a chegada de franquias ajudou bastante na divulgação do setor como um todo”, detalha.

Um pedaço do mercado

Apostando em inovações que vão além do tradicional remédio manipulado com receita, a diretora de marketing da Pharmapele, Mariana Saldanha, conta que a chegada de novos produtos às gôndolas tem sustentado o bom desempenho da empresa. “Nos últimos anos novas especialidades trouxeram grande representatividade à nossa receita, como nutrição, nutrologia, longevidade, entre outras”, comenta ela.

A rede, que opera por meio de franquias, chegou a 70 unidades ano passado, e a meta é inaugurar 10 pontos e vendas neste ano. “Estamos consolidados nas regiões Norte e Nordeste. O objetivo é focar a expansão principalmente nas regiões Centro-Oeste e Sudeste”, explica Mariana.

Para se aproximar do consumidor, ela ressalta que a empresa conta com mais de mil princípios ativos. “Entre as vantagens está produzir a quantidade exata de cápsulas que o paciente precisa, evitando que ele descarte o remédio excedente quando comprado por cartela”, comenta ela, ressaltando a participação crescente dos dermocosméticos e outros itens de beleza que têm crescido cerca de 20% ao ano.

Quem também olha para 2018 com grandes planos é a rede Fórmula Farmácia. Com mais de 70 unidades e boa participação no mercado nordestino, a empresa pretende desbravar os mercados do Sul e Sudeste ainda este ano.

Cidades dos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais e Espírito Santo estão na mira da rede, que abrirá sua primeira franquia no Rio de Janeiro ainda neste semestre. Para 2018, a meta é chegar aos 90 pontos e faturar R$ 100 milhões.

“Investimos R$ 1,5 milhão nos últimos dois anos para a estruturação da Franqueadora, Posicionamento da Marca, capacitação da equipe e hoje temos condições de expandir para todo o Brasil”, comentou o gestor de expansão de A Fórmula, Bruno Costa.

Como resultado, a empresa espera que o mercado do Sudeste, maior representativo para o Brasil em termos de consumo, represente 20% do faturamento da rede como um todo. “Buscamos grandes cidades com população superior a 70 mil habitantes”, pondera.

A estratégia da empresa se apoia em números robustos. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF) franquias especializadas em áreas como Beleza, Saúde e Bem Estar cresceram 12,2% em 2017.

Com caráter familiar a Manipula Mais tem duas unidades em Belo Horizonte operando desde 1980. Com a alta demanda dos últimos anos, a empresa se profissionalizou ainda mais e, mesmo sem abrir novas unidades, tem feito parcerias com outras farmácias para vender seus produtos. “Percebemos uma alta demanda, por exemplo, para produtos anti idade, ou então cápsulas detox. Com esse mercado em alta, aumentamos nossa produção em quase 40% entre 2016 e 2017, e vamos elevar mais 20% este ano”, comenta o gerente de novos produtos da empresa, Emílio Tavares Góes.

 

LINK: https://www.dci.com.br/

Artigos Relacionados

0 Comentários

nenhum comentário até agora!

Você pode ser o primeiro Comente esse post!

Deixe uma resposta